©
Sou apenas uma pessoa que não tem vontade de viver

Então chegou o dia. Está tudo preparado, remédios,lâminas e até uma corda se algo der errado. Você sente uma sensação de medo, mas dessa vez não desiste. Você sente que dessa vez você vai conseguir,dessa vez você não vai mais estar viva. Você prepara sua carta de suicídio, coloca tudo oque precisa. Em meio as lagrimas,escreve que irá sentir falta de sua familia e amigos,mas é preciso isso. Então você começa a escrever sobre seus amigos,havia lagrimas em toda a mesa,na carta e suas lagrimas deixavam a carta molhada e borrada desde o inicio ao fim. Você se levanta e diz “Eu vou conseguir!”. Pega a lâmina faz o primeiro corte,mais profundo que o normal. Você espera até ter certeza de que realmente quer fazer isso. Toma um remédio e é ai que tem certeza. Toma mais 5 remédios e sente sua cabeça ficando leve. Corta mais profundo ainda,e quando você vê já tem centenas de cortes em seu pulso. Você sente que esta chegando a hora e toma mais 3 remédios para ter certeza. Então você começa a se sentir mais leve. Sente seu corpo cair. E então cai ao chão,e olha para o teto. Imagina seus pais,sua irmã, seus melhores amigos e alguns familiares em seu velório. E então que vem a escuridão. Você não consegue mais sentir nada. Nem seus braços,nem suas pernas e seu coração,ele para. Sua mãe chega em casa e grita por você e infelizmente,sem resposta. Vai até seu quarto correndo e quando chega,vê sua filha com uma poça de sangue,remédios ao chão e com uma carta na mesa. Sua mãe lê a carta e senta na sua cama pois não consegue ficar em pé. Sua mãe lê a carta do inicio ao fim e tenta entender oque fez de errado. Foi a super proteção? Ou será que foi falta de amor e falta de importância? Sua mãe sem entender,grita seu pai e sua irmã. Eles chegam ao seu quarto assustados e sem chão. Seu pai tenta se manter forte, sua irmã não consegue ver aquela cena e sai correndo. Seu pai abraça sua mãe e lê a carta. Assim como ela tenta entender oque fez de errado. Será que foi brigas demais? Ou será que foi falta de amor e importância? Sua mãe liga para seus amigos, eles não entendem. Você não disse nada,não avisou,disse que estava bem. Não entendem o porque,e vão até sua casa. Seu melhor amigo não consegue ver aquela cena e sua melhor amiga grita e fala “PORQUE?!”. Seu melhor amigo tenta acalmá - lá mas sem sucesso. O diretor de sua escola conta aos alunos sobre tudo. Sobre seu suicídio. O menino que você gostava,por incrível que pareça, também te amava. Porém, nunca teve coragem de falar com você. Ele fica sem chão e sai correndo para o banheiro. Seus colegas de classe não conseguem acreditar. As meninas que praticavam bullying com você,se sentiam culpadas. Seus professores não acreditavam naquilo. Uma menina tão sorridente,cheia de vida cometer suicídio. Então chega seu velório,assim como imaginava. Porém com gente que você nem imaginava que iria. O menino que você gosta chorando, sua melhor amiga inconsolável, seu melhor amigo a abraçando. Seus pais abraçados com sua irmã. Seus familiares todos presentes. E então desce seu corpo,sua melhor amiga grita e seu melhor amigo não conseguia mais assumir o papel de forte. Chora. Chora muito. E não acredita naquilo. Hoje em dia,seus pais sofrem de depressão, estão separados,sua irmã perdeu a vontade de viver. Seus melhores amigos,ainda não superaram isso. As meninas que praticavam bullying com você, uma delas tentou se matar 3 meses após sua morte. Seus professores sentem sua falta. O menino que você gosta se auto - mutila. Ele não consegue saber o porque,mas se sente culpado. Então você, esta lá. Observando cada um deles.

c-u-t-s-on-m-e:

- Meus.

Ultimamente tem sido eu comigo mesma. Eu sozinha, vivendo na solidão de sempre.
A depressão se manifesta de diferentes formas. O humor é uma delas. Não se engane. Uma boa gargalhada pode marcar um enorme vazio
Nada pra ser, mas quem se importa?
É sexta-feira, amor…
Cicero (via minha-mpb)
Não se mate por aquilo que não te dá vida.
Eu me chamo Antônio. (via poesografa)